Estilos de Jardins
Escrito por Administrator

Mesmo com o foco nas plantas esculturais, o jardim também pode integrar pedras ou fontes. Elementos de decoração, equipamento de iluminação e acessórios como vasos, bancos, pergolados, podem ter uma aparência mais rústica ou trazer texturas e matérias como madeira, cipó, vime, bambu para entrar em harmonia com o clima natural do jardim.

As espécies de plantas utilizadas nesse estilo são comuns de regiões tropicais e subtropicais como palmeiras, samambaias, bananeiras ornamentais, costela-de-adão, bromélias, orquídeas, etc.

Jardim Tropical | Paisagismo SP

Jardim Desértico

A principal característica desse estilo é criar uma paisagem árida. Apresenta elementos com rochas, pedras, areia e plantas xerófitas, que conseguem reduzir a perda de água e acumulá-la por longos períodos.

O jardim desértico requer poucos cuidados e serviços de manutenção, suas regas, podas e replantios são feitos esporadicamente, além de resistir aos ambientes com insolação direta e ventos fortes e dispensar o uso de agrotóxicos.

A maioria das espécies utilizadas num jardim desértico são simétricas, com formas geométricas e espinhos. Algumas espécies mais comuns nesse estilo, são: vários tipos de cactos, iucas, babosa, rosa-de-pedra, alecrim, lavanda, palmeira, entre outras.

Jardim Desértico | Paisagismo SP

Jardim Francês

Conhecido também como jardim clássico, tem um estilo formal e simétrico. Representa a interferência do homem sobre a natureza, recriando formas e valorizando a arquitetura das construções.

Em jardins mais extensos apresenta caminhos largos, definidos por cercas vivas e arbustos e grandes fontes com estátuas de mármore. O jardim francês requer manutenção constante e as podas são bem desenhadas, esculpindo as plantas mais altas como cones para não prejudicar a visão.

As plantas mais comuns desse estilo são originárias de clima temperado e mediterrâneo, pode-se usar roseiras, tulipas, lavanda, hera, amor-perfeito, azaleia, pinheiros etc.

Jardim Francês | Paisagismo SP

Jardim Japonês

O principal objetivo desse estilo é trazer o sentimento de tranquilidade e espiritualidade comum dos jardins orientais.

Diferente da maioria dos jardins, que atraem por suas plantas com flores coloridas, o jardim japonês chama atenção por seus elementos simbólicos, como a construção de lagos com carpas, símbolos de fertilidade e prosperidade, e de pontes ou caminhos de pedras, que representam amadurecimento e autoconhecimento. As pedras tem destaque especial nesse jardim, com sua própria representação dependendo de sua posição, na vertical: figura do pai e na horizontal: figura da mãe.

Quanto às plantas, a cerejeira ornamental ou Sakura é uma planta muito representativa na cultura japonesa, conhecida como a flor da felicidade, ela floresce nos meses de Março a Abril, já a capacidade de adaptação está representada na flexibilidade dos bambus, outras plantas comuns nesse estilo são: azaleias, ácer-vermelho, bambú-negro, roseira, pinheiros, buxinho, entre outras.

Jardim Japonês | Paisagismo SP

 

mount athos